Parents and Grandparents Program (PGP) disponível a partir de 28 de Janeiro



Sempre recebemos algumas perguntas sobre a possibilidade de quem já está no Canadá como residente permanente ou cidadão canadense poder levar pai, mãe e avós para também viverem no país. Na semana passada, uma boa notícia neste sentido foi dada pelo Ministro da Imigração do Canadá, Ahmed Hussen. Ele anunciou que o sistema de cadastro de interesse para apadrinhamento de pais e avós, Parents and Grandparents Program (PGP) estará disponível aos interessados a partir de 28 de Janeiro de 2019 ao meio dia horário EST.


O programa foi remodelado a partir de sugestões coletadas em processos anteriores e funcionará no modelo “first-in-first-served“. Esta abordagem tornará a participação dos interessados mais dinâmica e democrática, além de manter o acesso facilitado a quem deseja participar. Com a abertura do Sistema dia 28, o interessado em apadrinhar pais ou avós deve primeiro cadastrar o interesse, e caso ainda dentro da cota, receberá então o invitation to apply.


O Immigration, Refugees and Citizenship Canada (IRCC) aceitará pedidos dos sponsors por determinado período e posteriormente vai convocar os potenciais sponsors a preencher o cadastro completo, considerando a ordem de envio de cada um deles, até que se atinja o número de 20.000 aplicações neste ano. Este número é 4 vezes maior do que o aceito em 2015, só para comparação.


O PGP tem como objetivo a reunificação de famílias e por isso concede aos pais e avós dos residentes permanentes e cidadãos canadenses a oportunidade de trazerem seus parentes para viver no Canadá em definitivo.


As instruções para quem deseja participar do programa estão disponíveis na página oficial do Governo canadense.